Geração de modelos de superfície

Quando se tem duas ou mais imagens obtidas com ângulos de visão diferentes, é possível extrair informações de altimetria da área em estudo. Esse fenômeno é comumente chamado de estereoscopia e muito conhecido na fotogrametria.
Geralmente as imagens são adquiridas com uma sobreposição conhecida (60% de sobreposição longitudinal - entre fotos - e 30% de sobreposição lateral - entre faixas), sendo possível obter estereoscopia, ou seja, visualizar e representar o comportamento altimétrico do terreno, a partir do qual torna-se possível extrair um modelo da superfície de interesse.

Um modelo de superfície pode ser representado de várias formas, das quais a mais conhecida é a curva de nível. As curvas de nível são geradas a partir dessas superfícies e podem conter a eqüidistância escolhida pelo usuário (método de interpolação). A escolha da eqüidistância correta das curvas depende da escala de mapeamento e, no caso da aerofotogrametria, das características do sistema utilizado e do tamanho do pixel no terreno (Ground Sample Distance - GSD).

fig.01
fig.02
SSR Tecnologia, Engenharia e Aerolevantamentos Ltda - Copyright © Todos os direitos reservados
Rua Luiz Briski, 1020 | Bairro: Nova Vinhedo | Vinhedo/SP | CEP: 13280-000 | Fone: (19)-3886-4800 | E-mail: comercial@ssr.com.br
Powered by Cleber da Silva Cornélio